domingo, 27 de Julho de 2014

Entrevistas SWCP:Bruno Ferreira

 O Português Bruno Ferreira é um locutor de publicidade,ator vocal e um dos melhores imitadores de vozes nacionais. Na versão portuguesa do filme de animação Star Wars: Clone Wars,foi a voz do Obi-Wan Kenobi.
SWCP: Interpretou o papel do Mestre Jedi Obi-Wan Kenobi na versão portuguesa do filme de animação em CGI,Star Wars: Clone Wars.Que recordações tem desse seu trabalho? 
B.F:Foi um trabalho de que gostei muito de fazer. Em primeiro lugar porque o universo de Star Wars se trata de um clássico. Depois porque gosto do personagem, o Obi-Wan é um dos heróis da saga e de vez em quando é bom vestir o papel de herói. O Obi-wan tem as qualidades que todos nós gostaríamos de ter. Por isso, enquanto estou a trabalhar na dobragem deste personagem, sinto-me muitíssimo bem. 


SWCP: Apesar de nos ter confessado antes desta entrevista, que não é um grande conhecedor do universo Star Wars,há algum personagem além do que já interpretou, que gostaria de dar a sua voz? Acha que conseguiria imitar o timbre de voz do Darth Vader,por exemplo?

B.F:Já tentei fazer uma ou outra vez a voz do temível Darth Vader. É talvez o primeiro personagem que nos vem à memória quando falamos de Star Wars. Tentei reproduzir a sua forma tão característica de falar e respirar, uma vez num anúncio de uma operadora de televisão por cabo. Mas também há bastantes anos atrás, ainda no Contra Informação, quando foi adaptado ao universo da saga um episódio do programa, e o meu personagem fazia, justamente de Darth Vader. Creio que por ser tão difundida a sua forma de falar, quase toda a gente consegue ter a sua imitação deste vilão. Mas em bom rigor estou muito satisfeito com a voz do Obi-Wan e não a trocaria, agora, pela de nenhum outro personagem da série.


SWCP:De entre tantos personagens que já imitou, qual foi o mais difícil de interpretar? 
B.F:São muitas as vozes que não consigo imitar e que gostaria, mas a verdade é que este é um trabalho em que nunca nos devemos dar definitivamente por vencidos. Assim de repente lembro-me do Alberto João Jardim. E neste caso o problema não é o timbre, a voz em si, que até consigo reproduzir, mas a pronúncia madeirense. Estive na Madeira o mês passado a fazer o `5 Para a Meia Noite´ e acho que já apanhei alguns truques, mas ainda não suficientes. Tenho de lá voltar em modo “trabalho de pesquisa”.

SWCP:Tem alguma preparação específica para trabalhar na voz que vai imitar? 


B.F: É ver, e ouvir, e rever e voltar a ouvir. Muitos dias, muitas vezes. Neste caso o youtube tem vindo a revelar-se uma ferramenta bastante útil e que, por exemplo, quando comecei a trabalhar assumidamente nesta área, em 1998, no Contra Informação, ainda não estava ao alcance com a diversidade de vídeos que desde há uns anos a esta parte tem à disposição para trabalharmos. Não só a voz interessa, mas também toda a linguagem gestual. Hoje, por exemplo, estou a preparar o Cavaco Silva para o `5 para a Meia Noite´, estou a ter bastante atenção à forma como gesticula com os braços à medida que expões as suas ideias. O personagem não se limita à voz. Para ser credível a voz tem de ser apoiada pela para linguagem, ou seja, a linguagem corporal.

SWCP: Como tem decorrido a sua participação no programa `Cinco para a meia noite´? 

B.F:É seguramente um dos projetos em que mais gostei e gosto de participar. Já lá vão mais de 5 anos no ar e continuo a divertir-me e a ir para estúdio com a mesma alegria e vontade do primeiro dia. Fui uma aposta do Luís Filipe Borges desde o início do programa, em 2009, ainda na RTP2 e adoro fazer parte do programa. Comecei com vídeos, e pouco depois passei a estar presente no direto, e de seguida a participar das VT’s do programa. Também as equipas têm sido sempre formidáveis e bastante motivadas, acho que é um programa que não cansa o telespectador porque está sempre a acontecer alguma coisa nova. Já é, neste momento, o segundo projeto mais longo da minha vida profissional, o que para mim é de assinalar. Evidentemente que os 13 anos de Contra Informação dificilmente serão batidos, mas os tempos são outros e conseguir aguentar um programa durante 5 anos no ar nos tempos que correm é obra, mas também é fruto de muito trabalho e muita motivação de toda a gente envolvida.


SWCP: Que mensagem quer enviar aos seus fãs? 
B.F:A todos aqueles que me seguem na televisão, e sobretudo nas redes sociais, bem como no meu site brunoferreiraonline.com, quero agradecer a companhia, o feedback, o estarem lá a acompanhar o meu trabalho. É disso que vive um artista, seja de que arte for. Do seu público. Se não tivermos público nada disto faz sentido. Contudo, a mensagem que deixo é que, justamente enquanto público, não deixem de ver o trabalho dos humoristas portugueses, dos mais conhecidos aos mais novos, que deem sempre o benefício da dúvida, porque ser público também é isso: ser exigente mas estar informado e ter poder de crítica. Com bom público tanto melhores serão os atores, argumentistas e demais equipas que trabalham para, neste caso, fazer rir. E já agora, para todos os que me leem, boas gargalhadas!


sábado, 26 de Julho de 2014

Star Wars Episode II: Bucket Head Webisode

Se és fã do Boba Fett,então deves ver este vídeo:

Brian Muir regressa a Star Wars

O artista Brian Muir do qual já fizemos uma entrevista em EXCLUSIVO anúnciou na sua página do Facebook que foi contratado para trabalhar no episódio VII de Star Wars,não tendo contudo divulgado se voltará a construir um novo capacete/máscara do Darth Vader ou a armadura dos Stormtroopers ou até de outro novo personagem...

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Macro Shots de Star Wars

O fotógrafo Zahir Batin,fotografou diversas figuras de ação de Star Wars em posições e macro-ambientes elaborados por ele,resultando em engraçadas imagens.Mais trabalhos deste artista podem ser vistos na sua página da Deviantart: zahirbatin.deviantart.com

 

quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Hot Wheels Star Wars

Já aqui tinhamos anúnciado o primeiro (Darth Vader) de uma nova linha de carrinhos Star Wars da Hot Wheels.Apresentamos os seguintes modelos desta linha:R2D2, Yoda e Chewbacca.Já contactámos a Mattel em Portugal que nos informou que por enquanto esta linha não será ainda comercializada no nosso país,mas caso tal aconteça,seremos informados e divulgaremos aqui.

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Fotos do vencedor do passatempo Spaghetti Star Wars

O Ricardo Quaresma foi o vencedor do passatempo Spaghetti-Western-Star-Wars e enviou-nos fotos do s prémio com o seu filho, que apesar de ser ainda muito jovem,parece já dominar a arte do manuseamento dos sabres de luz!Relembramos que ainda está a decorrer outro passatempo que está aberto a toda a gente e que termina a 2 de Agosto.

Entrevistas SWCP: Christian Hipolito

O ator Neo Zelandês de origem Filipina Christian Hipolito,participou no filme The Hobbit: Uma jornada inesperada e Desolação de Smaug nos papéis de um habitante de Laketown e de um Orc.
SWCP: Fale-nos do seu trabalho na trilogia de O Hobbit.
C.H: Eu fui um dos habitantes do Laketown e também um Caçador Orc.Os Laketowners são basicamente, os moradores de um pequeno povoado construído inteiramente de madeira e seus pilares em madeira são afundados no lago profundo, portanto é por isso que lhe chamam Laketown.Como um Caçador Orc,a nossa missão era caçar os Hobbits e comê-los, na verdade realmente não nos importa comer qualquer coisa que cruze o nosso caminho. Nós somos carnívoros!
SWCP: Natural das Filipinas, emigrou para a Nova Zelândia em 2004.Porque escolheu este país?
C.H: Eu não escolhi este país, na verdade foram os meus pais. Eles imigraram aqui na Nova Zelândia há 20 anos atrás e me perguntaram se eu gostaria de vir também. Possuía uma loja de computadores antes de vir para a Nova Zelândia. Quando emigrei, tive que começar do princípio outra vez e trabalhei muito até chegar aqui, mas acho que foi uma grande decisão de qualquer forma já que tenho feito coisas que outras pessoas pensariam que podiam ser feitas por uma única pessoa. 

Alistei-me no exército da Nova Zelândia aos 29 anos de idade, estudei fotografia, conheci novas pessoas, e tornei-me num ator e tive ainda a sorte de participar em alguns anúncios comerciais.
SWCP: Jogar xadrez e pensar logicamente, são alguns dos seus atributos. Já competiu nesta actividade? 
C.H: Já competia em casa, nas Filipinas e tive a sorte suficiente por obter uma medalha de segundo classificado. Acho que o xadrez ajudou a melhorar a minha mente, e talvez por isso, que uma das razões por me ter alistado no exército para ser um estratega. Você sabia que o xadrez foi ensinado aos nobres nos velhos tempos? O Xadrez também foi usado para ensinar estratégias de guerra. 

SWCP: Começou a sua carreira artística como ator vocal e comediante Stand-up.Como surgiu a oportunidade para trabalhar em filmes e séries? 
C.H: Na verdade, comecei como figurante numa curta-metragem. Iluminei o meu cérebro artístico e comecei a fazer testes de casting e a trabalhar para mais curtas e longas-metragens. Com o tempo, percebi a fazer coisas de comédia e drama. Dois anos atrás, enquanto estava a passear por Cuba Street,e vi  um cartaz à procura de comediantes stand up. Não hesitei em me alistar e ver realmente do que realmente fera eito. Eu realmente fiz alguma comédia crua anteriormente, falando sobre a minha vida em casa, nas Filipinas e também comparando o estilo de vida das Filipinas e da Nova Zelândia. Eu faço piadas engraçadas sobre o uso de acentos, termos ou palavras dos Kiwis (alcunha dada aos neo zelandeses) etc. Foi tudo divertido. A dobragem só aconteceu há um ano, quando um realizador estava desesperadamente à procura de uma pessoa que poderia falar como uma pessoa velha. Foi muito divertido gravar e permanecer no estúdio a assistir à curta-metragem. Depois disso, comecei a trabalhar com outras pessoas do Reino Unido, auxiliando-os com seus vídeos.
SWCP: Voltando ao `Hobbit´,teve alguma preparação física em especial para desempenhar os seus papéis? 

C.H: Para o papel de Laketowner,tive que deixar crescer o meu cabelo porque não gosto de colocar perucas. O maquilhador colocou um monte de coisas no meu cabelo depois eu terminar o meu trabalho e quando tirei a peruca, ainda sentia um cheiro fedorento e nojento e uma comichão atrás do meu cabelo, por isso é que eu deixei crescer o meu cabelo naquela época. Para o papel do caçador Orc, tivemos de praticar cortes e como segurar uma lâmina. Nós fomos ensinados a lutar com espadas.
SWCP:Que mensagem quer enviar aos seus fãs? 
C.H: Acreditem sempre em vós próprios que os sonhos se tornarão em realidade, tudo o que precisam é de trabalhar nisso que realmente irá acontecer. Sim, vocês podem falhar um zilhão de vezes e sentirem-se amargurados mas basta só uma chance para mudarem o vosso destino. Lembrem-se que é melhor ter lutado uma batalha do que não fazê-lo, porque vocês realmente não sabem o que é virá a seguir.




 
ENGLISH VERSION:

The New Zealand actor borned in Philippines, Christian Hipolito participated in the feature films The Hobbit: Na unexpected journey and The desolation of Smaug in the roles of Laketowner and Hunter Orc.  
SWCP: Tell us about your roles on “The Hobbit".
C.H: I was a one of the Laketowners and also a hunter orc. Laketowners are basically the townspeople of a small settlement constructed entirely of woods and their wooden pillars are sunken into the deep lake hence why they called that place Laketown.As a hunter orc our mission was to hunt down the hobbits and eat them, actually we really don't mind eating anything that cross our path. We are carnivores!!! 

SWCP: Born in Philippines, you migrated to New Zealand. Why did you choose this country?
C.H: I didn't choose this country, it was actually my parents. They've immigrated here in New Zealand 20 years ago and asked me if I would like to come as well. I use to own a computer shop before I came here in New Zealand. When I migrated, I had to start from the beginning again and worked my way up but I think it was a great decision anyway since I have done things no other people thought can be done by a single person. I’ve joined the NZ army at age 29, studied photography, met new people, became an actor and I was even lucky to land some commercial. 
SWCP: Playing chess and thinking logically are some of your skills. Have you competed in this mode (chess)? 

C.H: I have competed back at home in the Philippines and was lucky enough to get a 2nd runner up medal. I guess chess helped me enhance my thinking noggin, maybe one of the reasons why I joined the army to be a tactician. Did you know Chess was taught to nobles back in the old days? Chess was used to teach war strategy.
SWCP: Started your artistic career as a voice actor and standup comedian. How did the opportunity to work in films and television series?
C.H: I actually started as an extra to a short film. It lighted up my artistic brain and started auditioning and working for more short films and feature films. As time goes by I realized I like doing comedy stuff and dramas. Two years back while I was strolling Cuba Street, I saw this poster looking for stand up comedians. I didn't hesitate to enlist myself and really see what I am really  


made off. I really did some RAW Comedy back then talking about my life back at home in the Philippines and also I compare New Zealand's way of living with Philippines way of living. I make funny jokes about accents, terms or words Kiwi's use etc. It was all fun. Voice acting only happened a year ago when a Director was desperately looking for a person who could talk like an old person. It was a lot of fun recording and standing in a studio watching the short film. After that I started working with other people from UK assisting them with their Videos.
SWCP: Backing to ´The Hobbit’, did you have any special physical preparation for playing your roles? 

C.H: For the Laketowner role. I did have to grow my hair because I didn't like putting on the wig. The make up artist put a lot of stuff on your hair after you finish working and take off the wig, there is still some smelly yucky itchy feeling left behind on your hair, so that’s why I grew my hair at that time.
 For the hunter orcs role, we had to practice slashing and dicing and how to hold a blade. We were taught sword fighting.
SWCP: What message would you like to leave for your fans?
C.H: Always believe on yourself and dreams do come true, all you just need is to work on it and it will really happen. Yes, you may fail gazillion time and yes you may feel bitter but it only takes once chance to change your destiny.Remember it is better to have fought a battle than not doing so, because you wouldn't really know what is the outcome.

terça-feira, 22 de Julho de 2014

Star Wars Episode III: Becoming Sidious Webisode

Princesa Leia em papel

A artista Kelly Delanty desenhou este modelo da Princesa Leia para imprimir e montar.Sugerimos que seja imprimido em papel mais grosso do que o normal e o tamanho fica ao gosto de cada um,consoante se queira um modelo em ponto grande ou mais pequeno.Fonte:
 http://www.starwars.com/news/star-wars-day-princess-leia-papercraft